COMO RPA PODE AJUDAR NA ADEQUAÇÃO PARA LGPD

COMO RPA PODE AJUDAR NA ADEQUAÇÃO PARA LGPD

Compartilhe:

 

Regis Fuchimi - CTO Grupo Qualitat

 

Se o seu processo de tratamento de dados de clientes depende de alguma forma de atividades manuais qualquer erro humano pode comprometer a conformidade de sua empresa no que tange à LGPD. Por mais criterioso que você seja, tarefas manuais são suscetíveis a erros e sua empresa estará à mercê desses eventuais erros humanos. Com a chegada da LGPD um erro pode custar literalmente muito caro para a empresa. A adoção de uma solução de RPA atua diretamente na redução ou até eliminação de atividades manuais no tratamento dos dados sensíveis de seus clientes, automatizando tarefas que façam parte dos processos necessários para a conformidade da organização com relação à LGPD.

Os robôs de software trazem um maior nível de confiança nos processos internos, pois automatizam tarefas manuais, diminuindo erros e melhorando tempo de resposta.

Alguns exemplos de atividades relacionadas à LGPD onde a RPA pode ajudar (e muito):

 

  TRATAMENTO DOS DADOS SENSÍVEIS  

O gerenciamento de dados do cliente não é apenas simplificado operacionalmente (comparado com o gerenciamento manual, feito por meio de compartilhamentos entre sistemas com o procedimento de copiar e colar todo-poderoso) quando executado por robôs de software, mas também menos dispendioso.

 

  AUTORIZAÇÃO DE USO DOS DADOS  

Robôs de software podem executar as atividades envolvidas na verificação das autorizações de uso de dados do cliente em relação aos bancos de dados de consentimento e revogação. Os robôs podem ser configurados para verificar/confirmar o consentimento dos clientes e revogar solicitações conforme o caso, além de implementar decisões de alto nível para agir de acordo com os resultados da verificação de solicitações. A RPA consegue gerenciar o procedimento de consentimento do uso de dados sensíveis de forma consistente, mesmo que esses dados estejam espalhados por vários sistemas corporativos diferentes

 

  ALINHAMENTO DOS DADOS E NORMAS DE SEGURANÇA  

A RPA auxilia no cumprimento das normas de anonimato de dados sensíveis – uso de pseudônimos em vez de nomes reais, mascaramento de informações financeiras, etc. Além disso, os robôs podem informar automaticamente os clientes sobre potenciais violações de dados, minimizando assim o inconveniente em caso de um cenário de desastre.

 

  SIMPLIFICANDO A CONFORMIDADE DA EMPRESA  

Em muitos casos a adequação à normas de mercado envolve uma combinação de tecnologia e tarefas manuais. Usualmente essas tarefas manuais tendem a ser altamente repetitivas, demoradas e maçantes. Importante ressaltar ainda que, por serem manuais essas atividades são mais suscetíveis a erros do que atividades realizadas automaticamente por sistemas. O uso de RPA para conformidade com a LGPD é, portanto, uma simplificação muito importante e necessária. O retorno sobre o investimento faz com que a automação seja uma forma de trabalho mais competitiva em termos de custo do que o processamento manual de dados.

 

  UMA COMBINAÇÃO PODEROSA  

Ao encarar a RPA como aliada na jornada da conformidade, as empresas obterão mais velocidade no tratamento de consultas e solicitações feitas por clientes, diminuirão drasticamente os potenciais erros oriundos de atividades manuais nos processos e, no médio e longo prazo, obterão redução dos custos envolvidos na criação e manutenção dos processos necessários para manter a conformidade no contexto da LGPD.

Para entender um pouco mais sobre o trabalho que fazemos com Robotic Process Automation, visite nosso site clicando aqui.

 

Se quiser mais detalhes

Caso você queira bater um papo sobre os benefícios do RPA para o ambiente da sua empresa, me mande um email: rfuchimi@grupoqualitat.tech