O armazenamento é um item crítico para qualquer estratégia multicloud híbrida

Compartilhe:

Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Uma estratégia de nuvem híbrida pode ser definida como uma combinação de plataformas de infraestrutura, incluindo nuvem pública, nuvem privada hospedada, nuvem privada interna e implantações on-premises tradicionais, para atender às crescentes e dinâmicas necessidades dos clientes das organizações.
Com a entrada da década de 2020 e as constantes e impactantes transformações dos ambientes de negócios cada vez mais complexos e competitivos, as empresas passaram a reconhecer a infraestrutura local como uma parte crítica para qualquer estratégia holística de nuvem híbrida, que continua a ser o melhor local para hospedar aplicativos personalizados e dados confidenciais, que são essenciais para a segurança e a integridade das organizações, mesmo com a adoção cada vez maior dos ambientes de nuvem.
Considerando os impactos da pandemia global da COVID-19, as empresas agora enfrentam duas tarefas monumentais: adaptar-se rapidamente às mudanças do mercado e continuar o ritmo de suas entregas, para compensar qualquer perda de receita ou de mercado potencial. Em meio à incerteza e às transformações das necessidades de negócios, as organizações que são capazes de executar melhor uma estratégia de infraestrutura de nuvem híbrida preparada para o futuro estarão mais bem posicionadas para capitalizar sua agilidade e resiliência.
O estudo “The Key To Enterprise Hybrid Cloud Strategy: An Annual Forrester Consulting Study”, realizado em 2020 a pedido da IBM, avaliou como as organizações desenvolvem e implementam suas estratégias para implantação de infraestruturas de TI em nuvem e no local e revelou que as organizações estão investindo cada vez mais em estratégias de nuvem híbrida.

 

  Principais conclusões da pesquisa  

A infraestrutura local continua a ser fundamental para a estratégia empresarial. O estudo revelou que a infraestrutura local não está perdendo espaço, na medida em que as organizações estão tomando decisões estratégicas sobre os tipos de infraestrutura de TI mais adequados para suas demandas em constante mudança. As empresas estão planejando aumentar os investimentos em infraestrutura local, e 85% dos tomadores de decisão de TI concordam que a infraestrutura local é uma parte crítica para suas estratégias de nuvem híbrida.
O movimento de migração para a nuvem pública não reduziu os investimentos em infraestrutura local. As organizações estão combinando e integrando plataformas de infraestrutura (para automação, operações, análise de dados, etc.), para atender às suas necessidades específicas. A maioria dos tomadores de decisão de TI planeja aumentar o orçamento para a nuvem pública e para a infraestrutura local nos próximos 24 meses.
A falta de reinvestimento em infraestrutura deixará as organizações vulneráveis ​​após a pandemia. Embora o investimento em infraestrutura esteja aumentando, as restrições de orçamento e de outros recursos fizeram com que muitas organizações fossem forçadas a fazer uma pausa nas atualizações necessárias. Esses atrasos na adequação da infraestrutura têm um preço: vulnerabilidades de segurança, custos mais altos para os negócios e restrições de compatibilidade e integração.
As empresas buscam uma estratégia de nuvem híbrida para hoje e para o futuro. Em um mundo após a pandemia, viabilizar os benefícios de um ambiente de nuvem híbrida flexível, mas seguro, possibilita que as organizações atendam e superem as necessidades presentes e futuras. Em tempos incertos, com demandas e cargas de trabalho crescentes, as organizações exigem uma TI flexível e aberta, mantendo uma entrega segura e alto desempenho. Uma estratégia adequada de nuvem híbrida pode oferecer às empresas um melhor controle sobre seus dados confidenciais e onde eles residem.

 

  Benefícios potenciais de um armazenamento consistente em todo o ambiente multicloud híbrido  

Uma abordagem de armazenamento em multicloud híbrida pode otimizar a movimentação, a colocação e a administração dos dados, estejam eles on-premises ou em diversas nuvens.
Para extrair todo o valor do enorme volume de dados gerado, é importante ter uma boa arquitetura de armazenamento em multicloud híbrida, que ofereça:
Capacidade de armazenamento. É importante considerar que o armazenamento na nuvem pública é praticamente ilimitado e reduz as despesas OPEX, mas requer ferramentas adequadas de gestão multicloud híbrida.
Melhor movimentação e agilidade para compartilhamento de dados entre provedores de nuvem, para obter mais valor dos dados e também acomodar novas ferramentas de inteligência de negócios, que possibilitam localizar todos os ativos de dados, identificar seus status e dar permissões ou estabelecer políticas de sistema que limitem ou facilitem o acesso aos dados, em qualquer lugar, a qualquer momento.
A nuvem privada corporativa pode integrar-se de forma transparente a diversos recursos de nuvem pública, para criar conjuntos de dados separados dos dados gerais corporativos, que podem ser utilizados como fontes de dados para a inteligência dos negócios e podem aumentar a segurança cibernética ou promover as soluções de desenvolvimento de aplicações.
Desempenho. Diferentes aplicações com diferentes casos de uso têm requisitos de desempenho diferentes. Para obter o melhor desempenho, os dados precisam estar localizados fisicamente o mais próximo possível dos hosts da aplicação, para diminuir a latência da rede. Uma solução de armazenamento em multicloud híbrida eficaz pode agilizar a movimentação dos dados, onde quer que estejam, e pode ainda aumentar o desempenho por meio de automação. É possível administrar clusters entre diferentes plataformas de tecnologia para nuvens públicas e privadas, contêineres e Kubernetes.
Disponibilidade do sistema e recuperação de desastres. Os principais provedores de serviços de nuvem oferecem uma ampla variedade de opções de locais de recuperação e ferramentas dentro de um ambiente multinuvem, que podem ser opções mais baratas e de menor investimento de capital, para replicação síncrona ou assíncrona, replicação automática para dois ou três locais, e para distâncias curtas, médias e longas entre os locais de replicação. Com todas essas opções já nativas em sua infraestrutura de armazenamento, é possível criar soluções de resiliência de negócios que atendam aos objetivos da empresa e às restrições orçamentárias.
Proteção de dados. Essa é outra área em que um ambiente multicloud robusto pode trazer uma boa economia. Um elemento importante em qualquer solução multicloud são os recursos e tecnologias de armazenamento definido por software, que interpõem uma camada de software entre os hosts de aplicação e o hardware básico de armazenamento, oferecendo mais flexibilidade e funcionalidade, incluindo ainda diversos recursos de criptografia. Além disso, uma solução de armazenamento em multicloud híbrida possibilita a gestão centralizada de permissões de arquivos, estabelecendo silos de dados e fornecendo uma única fonte verdadeira para os dados. Dessa forma, é possível gerenciar facilmente as listas de controle de acesso e conceder ou negar acesso a dados para unidades de negócios ou usuários específicos.
Análise de dados e Inteligência Artificial que podem ser aplicadas a todos os seus dados, para identificar seu valor e descobrir potenciais vulnerabilidades e pontos de frágeis. Os ambientes multicloud híbridos oferecem a flexibilidade que as linhas de negócios necessitam para seus novos produtos, serviços e modelos de negócios que utilizam infraestrutura de inteligência artificial (IA), big data, aplicações analíticas e móveis.
Unificação de dados. Uma estratégia multicloud híbrida com virtualização do armazenamento permite unificar os dados e identificar uma única fonte de dados verdadeira, possibilitando uma visão centralizada de todos os dados, não importando onde estejam, e também facilitando os insights necessários para aplicações analíticas de IA e big data.
Conteinerização. Com um armazenamento em multicloud híbrida é possível mover aplicações em contêineres entre os ambientes (de desenvolvimento, teste, produção, etc.), ao mesmo tempo em que se preserva sua funcionalidade total. Os desenvolvedores podem, dessa forma, programar uma única vez e implantar em qualquer lugar, utilizando Kubernetes para coordenar a implantação e a gestão em escala multicloud híbrida. Os contêineres podem ajudar a reduzir conflitos entre as equipes de desenvolvimento e de operações, definindo a responsabilidade de cada um. Dessa forma, os desenvolvedores podem se concentrar nas suas aplicações e o pessoal de operação pode focar na infraestrutura.
Quer conhecer mais sobre infraestrutura de armazenamento em ambientes multicloud híbridos? Agende uma conversa aqui com nosso time de especialistas.

 

Referências:

Adotando a multicloud híbrida – Edição de armazenamento

The Key To Enterprise Hybrid Cloud Strategy: An Annual Forrester Consulting Study

Compartilhe:

Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print