Cloud híbrida

O MELHOR DE DOIS MUNDOS: CLOUD HÍBRIDA

Compartilhe:

Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Em um mundo de necessidades complexas de segurança, cargas de trabalho e armazenagem de dados, os líderes empresariais podem chegar à conclusão que uma estratégia de “uma nuvem serve para todos” não atende efetivamente às necessidades de sua organização. Em vez disso, a melhor alternativa pode ser uma abordagem mais personalizada, para transformar verdadeiramente seu cenário digital e obter a capacidade de implantar aplicativos e dados de uma maneira segura, integrada, flexível e simples de gerenciar.
Para a maioria das empresas, uma estratégia de nuvem híbrida se tornou o modelo preferido para implantar aplicativos e armazenar dados. De acordo com a 451 Research, mais de dois terços das empresas (68%) estão escolhendo como abordagem padrão fazer investimentos estratégicos em TI híbrida e ambientes de nuvem integrados on-premises e off-premises. Entre as principais prioridades de investimentos de TI para essas organizações em 2019 estavam: novos projetos de TI para transformação digital (35%), upgrade e atualização da TI existente (30%) e aprimoramentos na experiência e envolvimento do cliente (29%).
Essa mudança para a nuvem híbrida oferece à liderança de TI uma combinação única de segurança para cargas de trabalho de missão crítica, flexibilidade para entrega dinâmica e performance para atender à necessidade de inovação contínua e eficaz. A adoção de uma estratégia de nuvem híbrida permite que uma grande organização personalize sua estrutura e implemente um modelo que melhor atenda seus objetivos de negócios, cargas de trabalho críticas e iniciativas futuras para melhor atender seus clientes.

  Entendendo os ambientes de nuvem e o gerenciamento de multicloud  

Uma abordagem híbrida pode ser a melhor opção para uma empresa que deseja manter seus dados protegidos e privados, mas também atendendo à demanda por agilidade nos negócios. A verdade é que muitas das cargas de trabalho críticas dos negócios corporativos não podem ou não devem ser movidas para a nuvem pública. Tal movimento pode comprometer a segurança dos dados críticos para os aplicativos de negócios principais. Grandes empresas financeiras, de saúde, governamentais e outras organizações de grande porte não podem correr o risco com seus dados de negócios e de seus clientes.
Compreender os ambientes em nuvem e tomar decisões sobre o gerenciamento de multicloud é complexo. Muitas perguntas surgem, como: O que deve residir localmente? O que está em uma nuvem privada em comparação com o que está em uma nuvem pública? Quais nuvens públicas devem ser usadas? Quais dados ou aplicativos devem estar on-premises e não off-premises? Por que a equipe de TI implantou alguns aplicativos nos respectivos ambientes? As decisões foram acertadas?
É importante ter um entendimento sólido da sua infraestrutura de TI atual e o alinhamento das cargas de trabalho com esse tipo de implantação. Com isso em mente, vamos descrever rapidamente os modelos de implantações na nuvem:
Nuvem privada – É uma solução em nuvem em que a infraestrutura é provisionada para uso exclusivo de uma única organização, no local ou fora dele.
Nuvem pública – Uma infraestrutura de nuvem pública é disponibilizada ao público em geral ou a um grande setor pela Internet. A infraestrutura não é propriedade de nenhum usuário, mas de uma organização que fornece serviços em nuvem para uma variedade de negócios.
Nuvem híbrida – Uma nuvem híbrida geralmente descreve uma situação em que uma empresa está operando uma mistura de nuvem privada, nuvem pública e ambientes tradicionais, independentemente de estarem no local ou não. Em um ambiente de nuvem híbrida, os serviços de nuvem pública e privada são integrados entre si.
Arquitetura multicloud híbrida – Refere-se a uma organização que usa várias nuvens públicas de vários fornecedores para fornecer seus serviços de TI, além da nuvem privada e da tradicional TI no local. Um ambiente multicloud híbrido consiste em uma combinação de ambientes privados, públicos e de infraestrutura como serviço (IaaS), todos interconectados e trabalhando juntos para evitar silos de dados.

 

  Benefícios de uma estratégia de nuvem híbrida  

A multicloud híbrida é o novo padrão para empresas que investem na modernização de TI. Com ela, você pode obter o melhor de todos os ambientes: enquanto a nuvem pública é valorizada por fornecer aplicativos voltados para o cliente, a nuvem privada local é valorizada por proteger dados e reconhecida por oferecer acesso rápido aos dados e aplicativos no local.
A otimização dos ambientes, que atende tanto a agilidade quanto as necessidades essenciais dos negócios também pode levar à eficiência de custos. Isso se dá porque manter cargas de trabalho críticas no local pode economizar muito para uma empresa no que se refere ao custo com o tráfego de dados usados com frequência. Em resumo, os benefícios com um ambiente de nuvem híbrida podem ser agrupados em: segurança, agilidade, mobilidade, integração e custo.

 

  Nuvem híbrida com a tecnologia certa  

Para que uma organização navegue nessa mudança, é preciso adotar a tecnologia certa para apoiar todos os seus movimentos. Reunimos abaixo uma lista de tecnologias de nuvem híbrida que vale a pena ser analisada quando você iniciar ou continuar sua jornada na nuvem híbrida.
Software de código aberto para evitar a dependência a um fornecedor e permitir a inovação.
    ->
Tecnologia recomendada:
Linux
Software leve de virtualização e orquestração para empacotar aplicativos com suas dependências de software e acelerar o desenvolvimento e a implantação.
    ->
Tecnologia recomendada:
Containers e Kubernetes
Ambiente operacional comum, independente de infraestrutura, para permitir a portabilidade de aplicativos em ambientes de nuvem híbrida.
    ->
Tecnologia recomendada:
Red Hat OpenShift Container Platform
Integração de software de banco de dados e middleware, para ajudar a mover e integrar com segurança os principais aplicativos de negócios à nuvem híbrida.
    ->
Tecnologia recomendada:
IBM Cloud Paks

  Quatro etapas da preparação para a nuvem híbrida  

1.    Alinhe a TI com as prioridades e metas de negócios da alta administração – Entenda os objetivos de negócios da alta administração e alinhe-se às iniciativas estratégicas. Não é recomendável entrar em uma reunião da diretoria com informações imprecisas. É preciso alinhar, conversar e entender as necessidades estratégicas.
2.    Escolha uma combinação de infraestrutura de nuvem privada, nuvem pública e TI tradicional local que se adapte ao seu plano de nuvem híbrida – Observe as cargas de trabalho, localização de dados e performance necessárias. Ajuste os requisitos das cargas de trabalho às plataformas. Escolha um ambiente operacional comum, independente de infraestrutura, que possa ser executado em qualquer lugar. Aproveite contêineres de várias arquiteturas e linguagens interpretadas no desenvolvimento e implantação de aplicativos, para obter uma portabilidade verdadeira de aplicativos na nuvem híbrida.
3.    Compartilhe seu plano com sua equipe de liderança – Seja direto e conciso. Informe ao time as principais conclusões de seus esforços de pesquisa:
•       Principais diferenças entre nuvens públicas e privadas;
•       O que um ambiente de nuvem híbrida otimizado oferece;
•       Seu plano de nuvem híbrida e próximas etapas.
Prepare-se para as perguntas e respostas da diretoria. Será a oportunidade de ter seu plano aprovado. Portanto, verifique se você está pronto para qualquer pergunta que possa surgir no caminho. Pressione para obter o investimento e esclareça a linha do tempo. O tempo é um fator essencial e sendo assim, é uma ótima oportunidade para incentivar a urgência do investimento.
4.    Finalize e reitere o valor comercial – Reforce os benefícios para o negócio, como resultado da implementação de uma solução madura de nuvem híbrida.
•       Unifique os dados para obter uma única fonte de informação confiável;
•       Verifique se os aplicativos estão fornecendo informações precisas;
•       Obtenha maior valor dos dados não estruturados, para permitir melhores resultados de negócios;
•       Garanta maior resiliência aos negócios;
•       Implante aplicativos modernos;
•       Alavanque a satisfação dos usuários e clientes com o negócio;
•       Ative a escalabilidade de dados à medida que os negócios crescem.
Após a aprovação, certifique-se de ter itens de ação de acompanhamento e incentive todo e qualquer feedback das partes interessadas.

 

  Adotando a nuvem híbrida  

Uma estratégia de nuvem híbrida pode trazer uma enorme vantagem para qualquer empresa orientada a dados que enfrentar o desafio. No entanto, um projeto dessa magnitude exige mais do que a vontade de liderar uma transformação digital. Requer as ferramentas adequadas para apoiar todos os seus movimentos. Com a equipe, os objetivos e as soluções certas, sua empresa orientada a dados pode se beneficiar de reduções de custo, ganhos na confiança, gerenciamento de dados mais simples, provisionamento mais rápido e tempo para o mercado mais rápido para seus produtos e serviços.
Tome suas decisões com maior confiança. Entre em contato conosco.

 

Fontes:

“Hybrid cloud: The best of all worlds”, IBM, 2019.
“Secure Hybrid Cloud – The strategic approach to enterprise it”, 451 Research, 2019.

Compartilhe:

Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print